ISTO

A ISTOÉ Dinheiro traz em sua edição 718 uma matéria sobre os problemas enfrentados pela Kia no país – entenda-se, falta de mais carros para vender. A dica da reportagem é do nosso colega Ariano Neves. Eis alguns dos principais pontos:

“Em 2010, a Kia investiu R$ 90 milhões em propaganda. Neste ano, a previsão é desembolsar mais R$ 150 milhões. De acordo com levantamento feito pela agência de informações AutoData, a coreana gastou em publicidade o equivalente a R$ 6,8 mil do valor de cada carro vendido.”

“Mas esse crescimento acelerado da Kia, no Brasil, pode ficar comprometido nos próximos anos. Por uma razão bem prosaica: falta produto para vender. ‘Não tenho uma cota de carros suficientemente grande para explorar todo o potencial do mercado”, afirma. “Trabalho com estoque zero.'”

“Desde 2008, especula-se bastante sobre a construção de uma fábrica da marca coreana no Brasil. Sabe-se que Gandini até já comprou um terreno de 510 mil metros quadrados na cidade de Salto, interior de São Paulo, para erguer essa base produtiva local. Questionado, o empresário não quis se pronunciar sobre o assunto, dizendo que se trata de uma decisão conjunta entre a Kia Motors do Brasil e a Kia Motors Corporation.”

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

1 pensou em “ISTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *