Kia no Brasil: crescimento contínuo

A matéria abaixo é uma dica do nosso colega Cláudio Henrique e mostra o crescimento da participação da Kia no mercado brasileiro:

“Parece que o consumidor já está aceitando melhor os carros sul-coreanos, prova disso é o resultado divulgado pela Kia Motors, aonde foram emplacadas 2.787 unidades no mês passado, com um crescimento de 149,28% em relação aos 1.118 veículos emplacados em janeiro de 2009. Segundo a Kia, a importadora ultrapassou duas montadoras, passando de 13º lugar em janeiro do ano passado para o 11º posto este ano. Comparado dezembro de 2009, a Kia Motors mostram queda de 14,54%, mas o mercado amargou baixa média de 27,55%.

‘Depois de um dezembro excepcional, foi natural o registro de queda em janeiro’, analisa José Luiz Gandini, presidente da importadora, ‘mas o mais importante é que, entre as primeiras 12 companhias do ranking nacional, a Kia Motors foi a que menos baixa anotou. E mais importante ainda é o fato de a Kia, em janeiro de 2009, ter assinalado 0,59% de market share e saltou para este janeiro a 1,38%’.

‘Esse resultado foi obtido graças a uma combinação de fatores, que começam com um dos mais abrangentes portfólios de produtos oferecidos aos consumidores brasileiros, com a capacidade de surpreender o mercado com veículos de qualidade e design atualizado e, finalmente, com uma das mais competentes redes de concessionárias, hoje com 125 pontos de atendimento full service. Em 2009, os três principais lançamentos, do Soul, do Cerato e do Mohave, contribuíram decisivamente no desempenho anual da Kia e também no início desde ano’, argumenta Gandini.


Para 2010, na avaliação do presidente da Kia Motors do Brasil, em conjunto com a perspectiva de se chegar a 150 concessionárias autorizadas e da montagem do Bongo no Uruguai no primeiro semestre, estima-se uma ousada projeção para esse ano. ‘Nossa estimativa inicial para este ano é chegar a 38 mil unidades, o que representará um crescimento de 46% sobre as 26 mil unidades de 2009’, finaliza.”

Fonte: http://carpointnews.blogspot.com/2010/02/kia-motors-ganha-duas-posicoes-no.html

Abraços!

3 pensou em “Kia no Brasil: crescimento contínuo

  1. Renato

    Isso aí foi devido a uma crise mundial que o setor enfrentou. Na verdade, a fusão com a Hyundai foi boa tb para a própria Hyundai, que cresceu e se tornou mais forte no âmbito global. Se olharmos o mercado de carros no mundo hoje, vamos ver que esses Coreanos estão no comando hoje. Isso aconteceu depois de anos aprendendo a fazer, e mais, aperfeiçoando deste a construção até o pós-venda no mundo todo.
    A tendência é de crescimento, e quem ganha com isso somos nós, consumidores. Não faz sentido a fiat vender um linea 1.4, construído na plataforma no punto por mais de 70.000. Agora isso vai acabar. Quem não tiver preço e qualidade não vai mais vender.

    Responder
  2. NOVO CERATO

    Concordando com o Renato, o crescimento das coreanas é extremamente positivo para nós, consumidores: ao trazer produtos muito bons por preços extremamente competitivos, elas teminam forçando as montadoras nacionais a nos oferecerem algo melhor também, com um preço um pouco menos exorbitante.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *