2009: o ano da virada para o Cerato

2009 mal terminou e os resultados das vendas de carro no Brasil ao longo do ano passado começam a aparecer. Apesar dos prognósticos negativos por conta da crise internacional, as medidas do governo para a redução do IPI e a chegada de uma grande quantidade de bons carros importados ao nosso mercado com preços competitivos graças à queda da cotação do dólar foram alguns dos fatores que contribuíram para um resultado final muito além do esperado.
No caso específico do Cerato, poderemos considerar 2009 como o ano da virada. Vejamos:
– Até o mês de julho, quando ainda era oferecida nas concessionárias Kia a versão anterior, o Cerato acumulou vendas totais de 356 unidades. O melhor resultado individual havia sido em junho, com 92 unidades comercializadas;
– Já no mês de agosto, quando a nova versão chegou às lojas, foram 115 unidades nas ruas. Em setembro, primeiro mês cheio de vendas do novo Cerato, 481 unidades foram comercializadas;
– No fechamento do ano, em dezembro, o melhor resultado da história do Cerato no mercado nacional: 732 unidades. No total de vendas do ano, 2.292 unidades foram vendidas.
O número, inferior a 2.500 unidades, ou pouco mais de 190 unidades mensais, ainda é muito pouco representativo, mas indica uma tendência de crescimento da participação do Cerato na faixa dos sedãs médios. O crescimento das vendas da nova versão em relação à anterior foi superior a 500%! Com a divulgação crescente das virtudes do carro pelos proprietários e pela própria Kia através de campanhas de marketing bem feitas, o Cerato tem potencial para manter ou superar esta média mensal de vendas apresentada no último mês.
Ao longo dos próximos posts, pretendo retomar este assunto, acompanhando com frequência a evolução de vendas do Cerato durante 2010.
Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *