17 pensou em “FOTOS: A despedida do Cerato

    1. Cláudio Henrique

      Thiago,

      parabéns pela nova aquisição. Realmente gostaria de saber os principais motivos pela troca do Cerato pelo Fluence. Tenho certeza que fez uma enorme pesquisa antes de se decidir.

      Abs

      Responder
      1. Thiago Parísio Autor do post

        Cláudio, a troca estava programada para o final do ano quando o Cerato completasse 2 anos, mas antecipei por 2 fatores: a oportunidade de comprar o Fluence com desconto e a disponibilidade de Marcelo em comprar o carro neste momento. Cerato e Fluence continuariam sendo as minhas opções no segmento.

        Responder
  1. fabio

    O Luidson tem razão quanto ao consumo, porém a diferença de puxada do 2.0 vai impressionar o Thiago. Eu tinha um new civic 1.8 140cv e digo por experiência, o que mais sinto falta no cerato são uns cavalos a mais, do resto, pequenos detalhes que a Kia precisa melhorar, tipo luz no porta luvas, cinto de três pontos no passageiro traseiro central etc. O fluence é mais equipado por dentro e maior por fora, o Thiago vai ter que cuidar nas manobras para guardar o carrão na garagem. rsrsrsrs… Abraços

    Responder
  2. Marcelo Giacomin

    Po Thiago .. não acredito que você nos abandonou? rs rs rs

    Bem .. tomara que o novo carro lhe traga alegrias … mas será que não vai rolar uma saudade?

    Abração

    Responder
    1. Thiago Parísio Autor do post

      Marcelo, a saudade permanecerá – afinal, o que é bom a gente não esquece. Mas não os abandonei, apenas troquei de “condução”. rsrsrsrsrsrs.

      Responder
    1. Lucas

      Concordo com o Antonio José!

      Gosto é gosto e cada um tem o seu, mas na MINHA opinião o Cerato ganha de goleada do Fluence, em relação ao design… A dianteira e a traseira do Fluence não tem relação alguma, na MINHA opinião…

      Mas em relação a motorização e itens de série o Fluence se sai melhor… Qual a versão do seu Fluence Thiago?

      Abç.

      Responder
  3. fabio

    sair de um cerato E.221 para um fluence dynamique é um ganho e tanto em termos de acessórios pois essa versão da renault tem câmbio cvt, ar digital dual zone, controle no volante para som e bluethoot, botão start-stop com cartão de aproximação (abre e fecha o carro na presença do dono), alarme, couro, milha, motor 2.0 (flex e mais gastão). Portanto, o Thiago pode até sentir saudade do cerato, mas por todos esses itens de conforto e tecnologia, tenho certeza que o fluence o fará muito feliz.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *