Respondendo às dúvidas – PARTE III

Mais alguns colegas enviaram perguntas sobre o Cerato que ainda não haviam sido respondidas em posts anteriores. Vamos lá:


Eduardo Amaral, em 20/04/10

“Bom dia Thiago, tudo bem?!

Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo seu blog… realmente traz muita confiança aos atuais e futuros compradores.

Minha principal dúvida é quanto a garantia do carro: Pelo que sei são 5 anos de garantia, mas são 5 anos de garantia total ou há alguma restrição após algum período, por ex. para a VW a garantia de 3 anos são: 1 ano e garantia total e 2 anos para motor e câmbio.

Grande abraço

Eduardo Amaral”


RESPOSTA:
Eduardo, a garantia do Cerato é total e de 05 anos ou 100.000 km, o que ocorrer primeiro. A garantia não cobre, no entanto, peças de desgaste natural, como amortecedores, palhetas de pára-brisas, discos e pastilhas de freio, entre outros. No caso específico dos amortecedores, conforme especificação do manual do proprietário, a Kia oferece uma garantia de 01 ano ou de 20.000 km para qualquer defeito de fabricação

Thiago, em 27/04/10

“Thiago, parabéns pelo seu blog, moro em Brasília estou com meu Cerato modelo E-252 já há 01 mês, vai pra 2.000 Km rodados, tenho notado ruídos quando passo em ruas mais irregulares. Isso e normal devido à suspensão dele ser mais rígida?

E outra coisa, o seu tem a proteção anti-chamas do capô? Com essa proteção, o nível de ruído do motor diminui acima dos 100 km porque quando chega aos 120km/h fica meio q insuportável.

Abraços.”

RESPOSTA:

Thiago, a suspensão do Cerato foi feita para países com vias de rodagem em perfeitas condições. Como o curso dos amortecedores é reduzido, qualquer passagem por vias irregulares gera uma sensação de que a suspensão está apresentando defeito, o que não se traduz em realidade. Se a suspensão, no entanto, apresentar ruídos com vias em boas condições, é interessante passar na concessionária para verificar o que está acontecendo.
Por fim, o meu carro (versão E.201) não veio com a proteção anti-chamas, disponível apenas nas versões top de linha (E.213 e E.263).

24 pensou em “Respondendo às dúvidas – PARTE III

  1. Thiago

    Ta, mas acha que com a proteção antichamas o ruido interno que vem do motor em alta rotação dende a diminuir ? Porque as vezes incomoda mesmo. Sera que a KIA disponibiliza pra venda essa proteção ?

    Responder
  2. NOVO CERATO

    Thiago, acredito que esta proteção realmente reduza o ruído em alta velocidade. Não sei, no entanto, se a Kia já disponibiliza a venda deste acessório nas concessionárias. Vou procurar saber junto à concessionária aqui de Recife e se tiver novidades informo a você.

    Responder
  3. Daniel

    Então, também moro em Brasília, também acabo de comprar um E-252 e realmente não entendo esse papo todo sobre o barulho do motor. Já passei algumas vezes de 120km/h e acho o ruído bem tranquilo, se você estiver com o som ligado em um volume razoável (como eu sempre estou) mal dá pra notar alguma diferença!

    Responder
  4. Hamilton Filho

    Oi Thiago, meu Cerato (E-202) que comprei no ínicío de Fevereiro/2010 está completando 9.000 Km e nenhum problema, já vou até agendar a revisão (assim que eu fizer informarei o valor R$). Fui na Kia para pedir para ajustar o encosto de cabeça dos bancos dianteiros e fui informado que ele era assim mesmo ativo (acho que incomada muito ele inclinado para frente, vou ver se consigo em uma capotaria deixar ele na posição normal). Segue umas dicas para os proprietários de Cerato: a luz azul do painel que indica luz alta é muito forte e quando estamos na BR ele incomoda muito (solução: recortei um peçado de película em forma de meia lua e colei, resolvido). O chaveiro batia muito na ignição (solução: trocar a argola do cheveiro por outra bem menor).

    Responder
  5. Thiago

    Thiago essa questão do ruido do motor infelizmente e algo que não tem solução e acostumar mesmo, mas também vou procurar saber sobre a proteção antichamas. E quanto ao ruido interno, o meu está com um que não descubro qual e. Mas mesmo assim o carro e 10.

    Responder
  6. NOVO CERATO

    Thiago, questionei ontem à concessionária a existência do protetor como acessório e estou aguardando o retorno do vendedor que me vendeu o carro. Assim que tiver novidades, informo.

    Responder
  7. Hamilton Filho

    Oi Thiago, fiz a revisão de 10.000 Km do meu Cerato no dia 10.05.2010, não teve obesevrações a serem reclamadas. Paguei o valor de R$ 270,00, à vista, poderia também ser em 01x no cartão de crédito. A revisão foi realizada na KIa Intervia Imbiribeira-Recife.OK.

    Responder
  8. Denilson Cezar

    Boa noite, gostaria de comentar que adquiri um kia Cerato E 252 na cor cinza titaniun, ainda rodei pouco, 1.100 km, mas estou admirado com o carro, em uma primeira viagem de 800 km, percebi que o carro é muito econômico, fez média de 15,71 km/l andando normal e 13,82 km/l pisando um pouco mais, sem falar no conforto e na segurança em curvas e do desempenho do carro. até agora não tenho nenhuma queixa do carro, somente elogios. Abraços

    Responder
  9. Denilson Cezar

    em tempo, esqueçi de dizer, pedi para colocar um friso na lateral do carro, ficou lindo, ele é cromado e da cor do carro, paguei 250 colocado e pintado na Kia ponto K, em Curitiba,onde moro.

    Responder
  10. Denilson Cezar

    Pessoal, quando peguei o meu carro,(24/04/2010), me informei do valor da primeira revisão, aqui em Curitiba, na Kia ponto K, vai me custar 140,00 reais, Bem menos que pagou o Hamilton de Recife. Será que no nordeste é mais caro porque ?

    Responder
  11. NOVO CERATO

    Denilson, obrigado pelas informações! Bom saber que o valor das revisões começa a baixar significativamente, o que é muito bom para os atuais proprietários e para futuros compradores.

    Ah, assim que possível manda fotos do teu carro com os frisos para que possamos publicar aqui no blog. Fiquei extremamente interessado.

    Abraços!

    Responder
  12. Mauro

    Bom dia a Todos !! Meu nome é Mauro e a 2 meses comprei meu Cerato E-201, o carro hoje está com 2.000 km rodados sem apresentar nenhum tipo de problema, eu gostaria de aproveitar a experiência de vocês que já possuem o Cerato e tirar 2 duvidas.

    1º)Costumo andar mto pouco com o meu carro e gostaria de saber se existe um prazo limite (em tempo) para cada revisão do carro pois acho que vou atingir os 10.000 apenas no final desse ano 🙂 !

    2º)Fiz uma barberagem e dei uma esbarrada no pilar aqui na minha casa e quebrei um pedaço da minha lanterna trazeira, se eu importar uma nova lanterna (sem ser pela minha concessionaria) e instalar em alguma casa de funilaria posso perder a garantia do carro ?

    Um Abraço a Todos !!

    Responder
  13. NOVO CERATO

    Mauro, em relação à revisão, de acordo com o manual do proprietário não há prazo definido para a primeira revisão. Ela é definida pela quilometragem.

    Já a substituição da lanterna comprada fora de concessionária não o faz perder a garantia de fábrica.

    Responder
  14. NOVO CERATO

    Manoel, como o Cerato ainda não completou 01 ano de mercado no Brasil e ainda é difícil vê-lo no mercado de seminovos, é precipitado informar a desvalorização média.

    Acredito, no entanto, que fique um pouco acima de concorrentes como Civic e Corolla, já estabelecidos no Brasil.

    Responder
  15. Robson Ferreira

    Comprei um Cerato há dois meses e estou gostando muito do desempenho do carro.
    a expectativa era grande e estou bem satisfeito.
    Porém estou tendo dificuldade em me adaptar ao giro do motor, que fica em torno de 700. Meu carro anterior este giro ficava em torno de 1000.
    Ocorre que para fazer o carro se movimentar (primeira marcha ou marcha à ré), por vezes o carro morre. Para evitar que isso ocorra tenho que acelerar.
    Procurei um concessionária aqui no Rio e a resposta que me foi dada é que é assim mesmo, pois não tem como mexer na regulagem do giro do motor.
    Os carros de vocês tmbém tem esta mesma característica? Se sim, como foi resolvido?
    Vocês sabem se é possível fazer a regulação do giro do motor?

    Responder
  16. NOVO CERATO

    Robson, esta adaptação inicial ao Cerato é comum de acordo com as opiniões de alguns colegas que já comentaram aqui no blog. Estes 700 RPM são sempre constantes em ponto morto?

    Responder
  17. maria do carmo

    Thiago tirei meu carro no começo de janeiro e saí da concessionária com 126 km de rodagem, isso após ter fechado negócio. E com 10 dias de uso levei à concessionária para verificar barulho no motor, o baixo rendimento de combustível, volante puxando extremamente para esquerda. Me informaram que a kilometragem é devido ao desembarque no porto de Vitória e o depósito ficar distante e que o carro vai rodando. Quanto aos problemas do carro, fizeram balanceamento e alinhamento dianteiro, mas ainda está puxando. quanto ao barulho no motor me disseram que era o "compressor do ar condicionado" que deve ser trocado, mas precisa de autorização da fábrica para troca; fizeram uma reconfiguração no computador de bordo para verificar se esse era o "problema" do consumo, o numero do computador baixou, mas os abastecimento continuam alto. Li no manual que a gasolina deve ter alta octanagem com ausencia de metanol e etanol,e isso é possível no Brasil, ainda informam que problemas no motor por uso de combustível com mistura ocasiona perda da garantia. Me senti uma consumidora totalmente traída, será que me empurraram um Cerato 10/11 mod. E283 com tantos problemas por ser eu mulher???? Ainda me ligaram hoje para eu levar o manual do proprietário poruqe precisam que fique uma cópia dele no meu processo de garantia, isso é real???

    Responder
  18. NOVO CERATO

    Maria do Carmo, em relação à necessidade de levar o manual para substituiçã de peças e/ou realização de qualquer serviço no período de garantia isto é real – quando trocaram a máquina do vidro elétrico do meu tive que levá-lo.

    Seu carro anterior era automático? Se não, é normal um maior consumo no início para aqueles que não estão tão acostumados com este tipo de câmbio. É certo que carros automáticos em via de regra sempre consomem mais. A propósito, qual é a média de consumo que você está conseguindo? E em que condições de tráfego você circula com o Cerato?

    Aguardo teu retorno.

    Responder
  19. Silvio

    Maria do Carmo, eu também comprei um E.283 aqui no DF, mas ainda não tive a felicidade de recebê-lo. Creio que, pelo preço do carro e por ser hoje o top de linha, tenhamos que ser um pouco mais exigentes com a concessionaria (CCS) da Kia. Problema não resolvido acho que cabe reclamação tanto na CCS quanto no fale conosco da KIA, pela persistência do problema. O chato ou péssimo é ficar sem carro. Quanto ao combustível, mesmo a gasolina Podium (BR) tem adição de alcool anidro (veja no portal da BR em Produtos > Automotivos > Gasolina > Gasolina Podium) . Fica complicado cumprir algo assim no Brasil. E aí? Teremos problemas com a garantia de motor? É uma dúvida. Quanto ao compressor do ar condicionado, uma colega de trabalho também teve o mesmo problema com uma Sportage. Trocaram na garantia com a apresentação do manual. Creio que para controle de qualidade dos lotes de produtos. Valem ainda as perguntas e afirmações quanto a forma de condução que o Thiago fez. Aprendi isso no meu primeiro automático.

    Responder
  20. Renato

    Maria do Carmo, Tambem tenho um E283 que peguei em dezembro. Está com cerca de 1200 km. Até agora só alegria. Realmente pelo tipo de pneu utilizado e por ser câmbio automático, ele bebe mais.
    Os únicos problemas que eu tenho é a falta de potência no motor 1.6, sendo que qualquer subidinha ou uma pisada mais forte no acelerador, ele fica esguelando em marcha forte, tornado muito barulhente. Vejo isto porque venho de um Vectra que não apresentava esta situação.
    Uma outra coisa observado é que estes mesmos pneus o deixam com um radar mais duro.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *