Carro flex com os dias contados?

Está em dúvida se deve comprar um Cerato a gasolina ou esperar pela “prometida” versão flex? Que tal dar uma olhada na matéria abaixo publicada pela Folha de São Paulo? A dica é do nosso colega Mário Pereira:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/956593-carro-flex-pode-fracassar-dizem-usineiros.shtml

“Diante da queda de competitividade do álcool em relação à gasolina e da falta de um plano estrutural para o setor, os produtores de cana começam a admitir a possibilidade de o programa flex fuel fracassar, como ocorreu com o Pró-Álcool.

‘Se não houver alta da gasolina, mudança na Cide [tributo incidente sobre os combustíveis] e redução importante de custos, a produção de hidratado não vai crescer, o consumo dos carros flex vai crescer cada vez menos e vai desestimular a produção dos automóveis flex’.

‘O consumidor escolhe pelo bolso’, disse Adriano Pires, presidente do CBIE (Centro Brasileiro de Infraestrutura). ‘Corremos o grande risco de acabar com o carro flex, da mesma forma como acabou o carro a álcool. A história se repete’, acrescentou.”


Qual é a opinião de vocês?

10 pensou em “Carro flex com os dias contados?

  1. Reginaldo

    Acho que os carros flex tendem a evoluir e nao a voltarem a ser somente monocombustivel. Vejo a grande tendencia mundial em economizar e poluir menos, portanto, acho que os nossos carros atuais vao se tornar bicombustiveis aliados a motores eletricos. Como sabemos os combustiveis fosseis é que estao com os dias contados, por isso, acho que esse papo de que os carros flex estao com os dias contados é papo furado e sem noção na evolução que o mundo anda vivendo.
    E que venha o meu 1º cerato, desde que seja flex.
    Valeu.

    Responder
  2. Dayvid

    Eles dizem que não dá para baixar, vamos ver se não tiver quem se interesse em comprar para ver se eles não baixam, é a lei da oferta e da procura.

    Responder
  3. Giulliano

    A tecnologia bicombustível, popularmente conhecida como flex, é bastante antiga.
    Espero que seja sepultada num curto espaço de tempo.
    Ainda sonho em abastecer gasolina a 100% nos postos, sem mistura com etanol.
    E que venham os carros elétricos e movidos a hidrogênio.

    Responder
  4. piloto rs

    Pelo que entendo aqui no RS poucas vezes tivemos um valor do alcool bem diferente da gasolina, a grande maioria sempre abasteceu a gasolina, e no meu enteder para o Rs tanto faria se acabassem com os flex,
    piloto rs

    Responder
  5. Heverton

    Subir o preço da gasolina??? Vao se f… seus f… Pq vcs não baixam o preco do alcool no lugar de subir o da gasolina (q ja está super alto) e botar mais no rabo da galera? Aprendam a competir, abaixem o preco do alcool de modo a ficar competitivo frente o da gasolina, se nao, espero que acabe mesmo com esse negocio de alcool. Nao vejo a gasolina baixar em funcao disso, esse país é foda, nego quer ganhar mais e mais e se danem os outros, ja basta esse carteis de combustiveis que vemos discaradamente Chegaaaaa!!!! Aqui em João Pessoa o preço do alcool nunca compensa, um absurdo, nunca abaixa, para mim tanto faz, do jeito que a coisa anda (sem abaixar preco do alcool e gasolina), é melhor deixar so carro a gasolina mesmo, pelo menos teoricamente é mais barato e mais economico, mas como esse país é escroto, o carro monocombustivel vai ficar msm preco do flex e que se danem os compradores, ne sempre assim???

    Responder
  6. Pelife73

    Um dos fatores pelo qual escolhi o Cerato foi por ele ser MONOcombustivel. Nunca percebi vantagem nos flex em relação à economia. O que eles ganham em vantagem na opção do combustível, perdem na relação consumo, pois os mono tem melhor desempenho neste quesito.

    Responder
  7. Larini

    É verdade. A gasolina tem 53% de impostos e o alcool “só” 25%.

    O alcool é realmente um projeto furado, que precisa de subsídio para funcionar. Se for ver, pelo custo, a gasolina é mais barata.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *